(11) 2248-3936 (11) 99854-2590

Cupim de Solo / Cupim Subterrâneo, como chegam até seu imóvel?
 A partir do ninho, estes cupins constroem túneis ou galerias em componentes como:

  • Pisos
  • Paredes
  • Colunas
  • Aberturas como rachaduras
  • Telhado, etc.

Graças a estes túneis, conseguem atingir seus objetivos que é a madeira e outros materiais que lhe sirvam de alimento, mesmo que situados a dezenas de metros do ninho. As colônias de Cupins de solo são organizadas em indivíduos, cujo os mesmos apresentam diferentes funções (castas).

Anualmente nos meses de primavera e verão os ninhos libertam os reprodutores alados, conhecidos normalmente pela população como (SIRIRIS OU ALELUIA).

Esses reprodutores são liberados com a função de formar novas colônias. Após a revoada, perdem as asas, fundam novas colônias e passam a ser reis e rainhas.

Os ninhos são tipicamente subterrâneos ou construídos em locais bem abrigados, nos vários pavimentos da edificação. Alimentam-se basicamente de celulose e seus derivados.

Apesar de serem minúsculos, não se engane. A população de um cupinzeiro pode chegar a milhões de indivíduos e está dividida em três castas básicas: casal real, soldados e operários

Eles atacam os moveis batentes de portas e se não for tomada providencia rápida ele atinge o madeiramento do forro e do telhado, comprometendo toda a estrutura e em alguns casos até desabando o forro ou telhado.

O pozinho que costumamos encontrar debaixo dos móveis não é serragem, mas fezes de cupim. Os cupins subterrâneos constroem tubos de lama para providenciarem um ambiente seguro enquanto percorrem o caminho desde suas colônias até suas fontes de alimento.

Eles também podem ser encontrados em pilares de apoio e vigas de piso. Esses tubos de terra são castanhos e, geralmente, possuem o diâmetro de um lápis ou caneta, embora alguns possam ser maiores.

Embora geralmente haja mais do que uma rainha em uma colônia de cupins,

a rainha “principal” é a líder e se encarrega de toda a reprodução. As outras rainhas existem principalmente como reserva, caso a rainha principal morra.

O abdômen de uma rainha cupim é feito para botar ovos e é capaz de produzir mais de 30.000 ovos de cupins em um único dia. Seu ovopositor é um saco massivo que consiste na maior parte de seu corpo e é carregado com muitos ovos.

As maiores rainhas podem ter 20 centímetros de comprimento. Uma rainha bem cuidada pode viver até 50 anos em condições ideais. Ao longo da vida, uma rainha cupim pode produzir mais de 165.000.000 de ovos.

Para combater o ataque de cupins de solo, além do tratamento localizado, devemos estabelecer uma barreira contínua formada com a aplicação de inseticida no solo, criando assim uma camada protetora invisível entre a sua residência e o cupim.

Este é um vídeo educativo, dedicado a pessoas leigas, com mero intuito de ilustrar e orientar sobre esse tipo de inseto. Com depoimentos dos nossos técnicos. Parte das imagens e o vídeo foram coletadas na internet.

Outras do nosso acervo.